meu cadastro Login

Uni-Yôga > Sobre

União de Yôga
Yôga significa união, mas pouca gente compreende ou cumpre esse preceito.
Em todo o mundo há muito ego e parca união entre os que deveriam dar exemplo de maior compreensão.
União de Yôga forma um pleonasmo com cuja ênfase alimentamos a esperança de insuflar mais união no seio de uma filosofia perfeita, exercida por pessoas imperfeitas.
Nossa intenção ao elaborar a sigla latim-sânscrito Uni-Yôga foi a de reforçar a proposta de coesão, integração.
Juntamos a partícula Uni (união, unidade) com a palavra Yôga (união, integração) e obtivemos a sigla Uni-Yôga, sintetizando o conceito de União de Yôga, união no Yôga.
Esse é um dos sentidos da sigla Uni-Yôga se a lermos com o significado latino do prefixo uni.
Em sânscrito, unni significa liderar, resgatar, erigir, plantar, levantar, exaltar, engrandecer, edificar, construir, montar, estender, avançar, pôr diante, desembaraçar, causar, determinar, ajudar, promover.








1.O poder do mantra Uni-Yôga
A vibração das palavras é mântrica, isto é, tem um poder inerente ao som.
A partir do momento em que essa sigla passou a ser usada por nós, muitos alunos e outros instrutores passaram a congregar-se conosco.
Nossa entidade começou a ficar cada vez maior, cada vez melhor, cada vez mais forte.

voltar ao indíce

2.União Nacional
Como a União de Yôga tinha abrangência em todo o território do país, denominou-se União Nacional de Yôga e foi a primeira a ser fundada nesses moldes.
A União Nacional de Yôga é uma entidade cultural sem fins lucrativos, cuja missão é o intercâmbio, união e ajuda a instrutores de Yôga de todo o país.
Consequentemente, incrementa o aumento de alunos e fortalece a reputação dos instrutores filiados.
Conseguimos isso mediante permuta de know-how, treinamento e reciclagem constante, através de correspondência regular com informações atualizadas, seminários, cursos, workshops, debates, colóquios, congressos e festivais, com descontos que podem chegar a 50% ou mais, e promoção de viagens culturais, inclusive à Índia.

voltar ao indíce

3.União Internacional
Pouco tempo depois de fundada, a União Nacional de Yôga extrapolou para outros países.
Formou-se, então, a União Internacional de Yôga.
A União Internacional de Yôga foi criada para coordenar as Uniões Nacionais dos vários países que integram sua Jurisdição nas Américas, Europa e Ásia.


voltar ao indíce

4.Universidade de Yôga

Universidade de Yôga é o nome da entidade legalmente registrada em cartório de Registro Civil das Pessoas Jurídicas. Essa é a razão social. Temos dois registros: um como Primeira Universidade de Yôga do Brasil, registrada nos termos dos arts. 45 e 46 do Código Civil Brasileiro sob o no. 37959 no 6o. Ofício e outro como Universidade Internacional de Yôga, registrada sob o no. 232.558/94 no 3o. RTD, com jurisdição mais abrangente, para promover atividades culturais na América Latina e Europa.

Definição Jurídica

Universidade de Yôga é o nome do convênio celebrado entre a União Nacional de Yôga, as Federações de Yôga dos Estados e as Universidades Federais, Estaduais, Católicas ou outras particulares que o firmarem, visando à formação de instrutores de Yôga em cursos de extensão universitária. Esse convênio apenas formaliza e dá continuidade ao programa de profissionalização que vem se realizando sob a nossa tutela, naquelas Universidades desde a década de 70 em praticamente todo o país.

Proposta e Justificativa

Queremos compartilhar com você uma das maiores conquistas da nossa classe profissional. Nos moldes das grandes Universidades Livres que existem na Europa e Estados Unidos há muito tempo, foi fundada em 1994 a Primeira Universidade de Yôga do Brasil.

Inicialmente, esta entidade não pretende ser um estabelecimento de ensino superior e sim ater-se ao conceito arcaico do termo universitas: totalidade, conjunto. Na Idade Média, universitas veio a ser usada para designar “corporação”. Em Bolonha o termo foi aplicado à corporação de estudantes. Em Paris, ao contrário, foi aplicado ao conjunto de professores e alunos (universitas magistrorum et scholarium). Em Portugal, universidade acha-se documentado no sentido de “totalidade, conjunto (de pessoas)”, nas Ordenações Afonsinas (Dicionário Etimológico da Língua Portuguesa). O Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea, da Academia das Ciências de Lisboa, oferece como primeiro significado da palavra universidade: “conjunto de elementos ou de coisas consideradas no seu todo. Generalidade, totalidade, universalidade”. No Brasil, o Dicionário Michaelis define como primeiro significado da palavra universidade: “totalidade, universalidade”. E o Dicionário Houaiss, define como primeiro significado: “qualidade ou condição de universal”. Portanto, o conceito de que Universidade seja um conjunto de faculdades é apenas um estereótipo contemporâneo.

Tampouco somos os primeiros a idealizar este tipo de instituição. A Universidade Livre de Música Tom Jobim (mantida pelo Estado de São Paulo), a Universidade Corporativa Visa (de São Paulo), a Universidade SEBRAE de Negócios (de Porto Alegre), a Universidade Holística (de Brasília), a Universidade Livre do Meio Ambiente (de Curitiba), a Universidade de Franchising (de São Paulo) e a Universidade do Cavalo (de São Paulo) são alguns dos muitos exemplos que podemos citar como precedentes.

O que importa é que a sementinha está lançada e queremos compartilhá-la com todos os nossos colegas. Conto com o seu apoio para fazermos uma Universidade de Yôga digna desse nome!

voltar ao indíce

5.Vantagens aos alunos e instrutores
Para os alunos da nossa Rede, há inúmeras vantagens.
Além de poder contar com a seriedade, honestidade e competência de instrutores com excelente formação e muito bem supervisionados, usufruem um convênio que permite aos praticantes de cada um dos nossos Credenciados, frequentar de graça todas as demais Unidades Credenciadas em todo o país e no exterior, quando em viagem.
Hoje atuamos no Brasil, Argentina, Chile, Portugal, Espanha, França, Inglaterra, Itália, Alemanha, Bélgica, Escócia, Havaí, Indonésia, Estados Unidos e outros países.
É uma experiência maravilhosa ter amigos em centenas de cidades e em vários países.
Imagine, você sair de viagem e ir praticando Yôga em diversas localidades. E mais: a segurança e outras facilidades que isso representa.
Eliane Lobato, grávida de nove meses da primeira filha, Parvatí, viajou de automóvel da sua cidade (na época, o Rio de Janeiro) para São Paulo.
Assim que chegou foi furtada e ficou sem dinheiro e sem os documentos.
Não tinha como abastecer o veículo para voltar ao Rio, nem dinheiro para comer ou hospedar-se.
Mas isso tudo deixou de ser problema, porque já existia a União.
Bastou identificar-se em uma Unidade da Rede e já tinha onde comer e dormir, e, ainda, como abastecer o carro para voltar à sua cidade.
Casos como esse, de companheirismo e ajuda mútua são uma característica dos membros da Uni-Yôga.
Priscila Ramos de Sousa estava viajando pela Europa e num dado momento precisou de socorro. Escreveu no seu messenger: "Pri perdida em Barcelona".
Imediatamente recebeu o apoio de que precisava por parte de membros da nossa grande família.
A mãe da instrutora Fernanda Neis teve os documentos e cartões de crédito furtados quando passeava em Buenos Aires.
Voltando ao Brasil, foi notificada pelas autoridades Argentinas de que seus documentos haviam sido recuperados.
Bastou um telefonema da Fernanda a um colega porteño e ele fez a gentileza de buscar os documentos e enviou-os a ela por Sedex.
Um aluno quis viajar com uma determinada quantia, perfeitamente dentro da lei, mas não queria levar dinheiro vivo por uma questão de segurança.
Comunicou-se com um colega e combinou: "Quando eu for à sua cidade você me disponibiliza esse valor. Depois, quando você vier à minha cidade eu lhe disponibilizo o mesmo valor." E ambos viajaram em segurança, sem carregar dinheiro vivo.
Note bem que todos os casos relatados foram realizados sem a intervenção da Uni-Yôga. Foram pessoas ajudando pessoas.
A entidade Uni-Yôga só ficou sabendo desses fatos muito tempo depois. Outra conveniência.
Quando a economia de um dos nossos países se desestabiliza, os instrutores da nação em crise são cordialmente convidados pelos dos demais países para dar cursos no exterior e voltar para sua terra com um dinheirinho no bolso suficiente para seguir vivendo com dignidade.

Desejando mais esclarecimentos sobre a União Nacional de Yôga, recomendo a leitura do primeiro estudo científico sobre a estrutura e a razão do sucesso da Uni-Yôga.
Trata-se do Trabalho de Conclusão de Curso da Faculdade de Administração de Empresas da ESPM, elaborado pelo formando Thiago Massi.
De tempos em tempos, publicamos esse estudo no nosso site www.uni-yoga.org.

voltar ao indíce